Comer ovos todos os dias faz mal?

//Comer ovos todos os dias faz mal?
comer ovo faz mal

De alguns anos para cá, o ovo saiu da lista dos vilões e entrou na lista dos alimentos tudo-de-bom. Hoje em dia é usado em grande quantidade nas dietas e receitinhas fitness. Essa ideia nasceu depois de alguns estudos mostrarem que o colesterol da alimentação não interfere no colesterol sanguíneo. Mas será que comer ovos todos os dias faz mal?

Antes de entender a polêmica, vamos falar de sua composição?

O ovo de galinha é um alimento com aproximadamente 70 kcal, fonte de proteínas de alto valor biológico (6 gramas por unidade), gorduras (4 gramas por unidade) e colesterol (200 mg por unidade).

Entre a clara e a gema, a clara possui menos calorias (59 kcal x 350 kcal em 100 gramas), pois é na gema que encontramos praticamente toda gordura e colesterol do ovo. O alimento é uma super fonte de vitaminas e minerais como Vitaminas do complexo B (B1, B2, B5, B6, B9, B12, colina), Vitamina A, Vitamina D, Cálcio, Zinco, Selênio, Cromo, Iodo e Ferro, e boa parte delas está presente na gema.
Apesar de muita gente dizer por ai, não se engane: as duas partes são fontes de proteína! Então se você dispensa as gemas, acaba perdendo boa parte dos nutrientes presentes no ovo.

comer ovo faz mal

Porque diziam que o ovo faz mal à saúde?

O nível elevado de colesterol sanguíneo é um importante fator de risco para as doenças cardiovasculares. Há alguns anos, acreditava-se fielmente que comer colesterol demais, aumentaria o colesterol sanguíneo. Pensando dessa forma, para manter um bom nível de colesterol, teríamos que comer menos de 300 mg de colesterol por dia. Mas lembra que em um ovo encontramos 200 mg de colesterol?
Na verdade, esse raciocínio não está totalmente correto. Com o tempo, os estudos foram mostrando que o que mais aumenta nossos níveis de colesterol (além da genética) é comer excessivamente gordura animal e gordura trans!

Então o consumo de ovo está liberado para todo mundo? Uma revisão publicada na revista Nutrition Reviews fala sobre esse assunto.

A resposta depende da genética!

Existem pessoas consideradas hiper-respondentes,,ou seja, quando comem colesterol na dieta podem ter aumento no colesterol sanguíneo. Porém, os estudos mostram que 75% da população é normo-respondente ou hipo-respondente. Assim, não é todo mundo que precisa restringir, e nem todo mundo que pode comer à vontade.

Não faz mal á saúde do coração

Apesar da possibilidade de aumentar o colesterol, comer ovos todos os dias não foi associado ao aumento de doenças do coração. Isso acontece possivelmente porque os ovos possuem componentes chamados carotenoides, como a luteína e a zeaxantina, que são antioxidantes e possuem efeito cardioprotetor. Além disso, o aumento do colesterol também se deve ao aumento do HDL (o que muitos chamam de “colesterol bom”) e não somente ao colesterol LDL (o famoso “ruim”).
Entre as pessoas com alto risco de doenças cardiovasculares (por exemplo, diabéticos, com síndrome metabólica, obesidade, histórico de eventos cardiovasculares, etc), os estudos já são um pouco mais controversos. Alguns estudos mostram aumento do risco, e outros não. Porém, nem todas as pesquisas  verificaram outros fatores alimentares da população que podem aumentar esse risco. Então, se você possui algum fator de risco, é importante ter moderação, além se proteger com uma alimentação equilibrada.

Agora então, você já pôde confirmar aquilo que já sabia: o ovo não é o grande vilão e é muito versátil. E ai, como você prefere o seu?

Fernanda Bassan
Nutricionista

Clinica Biotipo
61 – 3242 2314 / 61- 98598 4148

 

 

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

Seu email não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.