Não consigo parar de comer! O que fazer quando tenho um vício alimentar?

/, Psicologia/Não consigo parar de comer! O que fazer quando tenho um vício alimentar?

Quem ai já começou a fazer uma dieta para emagrecer, mas em poucos dias começa a sentir muita falta daquele alimento super gostoso. Você até tenta não comer, mas quando vê pela frente, é incontrolável, você precisa comer! E pode ainda tentar comer só um pouquinho, mas a vontade é tão grande que não consegue parar de comer e come até acabar tudo!.

Quem vive sempre esse tipo de situação pode ter o que chamamos de vício alimentar.

O que é o vício alimentar?

É quando existem comportamentos de impulso incontrolável e um desejo insaciável de comer e de continuar comendo além do que o corpo precisa e além da fome.

As pessoas com vício alimentar costumam comer mais pelo prazer do que pela necessidade,  pensam muito no alimento durante o dia, não ficam satisfeitas por muito tempo (logo já vem a vontade de comer mais), sentem que perdem controle com o alimento e se sentem mal (fisicamente ou mentalmente) por comerem dessa maneira.

Por que acontece o vicio alimentar?

O vicio acontece por uma mistura de disfunções neuronais e comportamentais.

Quando comemos um alimento palatável (que tem açúcar, gordura ou sal) nosso corpo ativa uma rede de neurônios no cérebro que nos dão a sensação de prazer – chamamos de circuito da recompensa. Já que esse alimento deu prazer, sentimos mais vontade ainda de comer ele novamente. Assim continuaremos tendo prazer!

O problema é que quanto mais comemos esse alimento, mais o circuito de recompensa sofre neuroadaptações. Os neurônios passam a ser menos ativados se eu comer pequena quantidade do alimento. Como resultado, precisamos comer mais para ter o mesmo prazer. E ai vem a sensação de não conseguir parar de comer.

Então, começamos a buscar esse alimento para se sentir bem. Por exemplo, quando estamos ansiosos, preocupados, tristes, ou até mesmo entediados. O cérebro acaba achando que só aquele alimento te dará prazer e fica muito mais difícil resistir quando vemos ou lembramos dele.

O que fazer se eu tenho um vício alimentar?

1 – Não exclua o alimento da sua vida! Reduza a quantidade de vezes que irá comer.

A sensação de proibição aumenta ainda mais a pressão para se livrar do vício.

2 – Tenha uma meta do número de vezes na semana que você irá comer esse alimento.

Essa meta deve ser menor do que você costuma comer, mas não deve te deixar desesperado. Por exemplo, se você come uma vez ao dia, tente reduzir para 3 vezes por semana.

3 – Preste atenção ao que está te causando o desejo de comer

Entenda se o desejo acontece por fome física, por fome emocional, tédio ou por prazer. Isso é super importante para lidar com a vontade de comer. Você pode ler mais sobre esse assunto aqui.

A ideal é reforçar os momentos em que se come por fome física ou quando há um prazer envolvido (e não por fome emocional, tédio, angustias)

4 – Não se culpe por sentir o desejo de comer

Lembre-se de que existem mecanismos neuroquímicos e comportamentais que explicam esse desejo. Com o tempo e comendo menos vezes na semana, o nível de desejo irá diminuir.

5 – Quando sentir o desejo pense: “Vou só fazer alguma coisa antes…”

No momento que sentir o desejo, faça alguma atividade antes do comer. Geralmente quando não cedemos ao primeiro impulso de vontade, ela reduz.

Vale tudo, tomar banho, lavar louça, ler um livro, qualquer coisa que te distraia.

6 – Descubra quais são as situações de risco.

Em que situação o risco de descontrole é maior? Algum momento do dia? Ter o alimento em casa? Algum local que você está próximo da comida? Tente se organizar para reduzir essas situações.

7 – Não jogue tudo pro alto!

Se você tiver um episódio de descontrole, se perdoe! Isso não significa que tudo que você fez antes foi anulado. Retorne á sua meta normalmente.

 

 

E não deixe de procurar ajuda profissional! Nutricionistas, psicólogos e endocrinologistas podem te ajudar, indicando o tratamento ideal para você.

 

Fernanda Bassan
Nutricionista
CRN 1 5354

 

 

 

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

Seu email não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.