Uma visão mais otimista: Errar não é tão ruim

//Uma visão mais otimista: Errar não é tão ruim

Por quantas vezes você já pensou em desistir diante de algo que inicialmente não deu certo? Ou se sentir emocionalmente frustrado nessas ocasiões? Entender que errar não é tão ruim pode te ajudar a superar esses erros e continuar crescendo.

No consultório, é frequente esse tipo de queixa. Deixar tudo de lado quando algo não saiu conforme o planejado é um comportamento muito habitual. Porém, não paramos para pensar que tropeços acontecem na busca por novos projetos, afinal estamos em uma nova fase de descobertas em busca de sucesso.

O importante é não encarar os erros como algo sem volta. Diante de um fracasso o melhor é levantar, se recompor e dar continuidade. Como uma fórmula matemática: Se toda vez que cairmos, tivermos que voltar do inicio, o fim ficará sempre longe. Mas se continuarmos do ponto onde paramos, aprendendo com os erros. Tentando fazer cada vez melhor, vamos alcançar a concretização dos nossos maiores objetivos.

Criticas construtivas também são ótimas oportunidades de crescimento pessoal. Deixemos de nos melindrar a cada ponto negativo observado e coloquemos em prática mudanças que vão valer a pena.

Vamos ser ser felizes! Vamos escrever uma grande biografia!!

Gabriella Ciardullo
Psicóloga

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário

Seu email não será divulgado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.